Consulta de Diagnóstico 

O profissional de Medicina Chinesa /Acupuntura é confrontado com o problema de tentar encontrar um sentido para os imensos processos que ocorrem num indivíduo. A necessidade de encontrar uma maneira sistemática de organizar toda a informação é da maior importância para que os planos  e estratégias de tratamento possam ser implantados com sucesso.

Algumas abordagens gerais de diagnóstico serão aqui referidas e algumas das formas mais vulgarmente utilizadas na organização dessa informação serão consideradas.
 

DIAGNÓSTICO
A necessidade de recolher dados válidos e completos é a condição de referência de qualquer processo de apreciação, não importando qual o problema a resolver, seja do mais simples ao mais complicado. Sem a informação de apreciação é impossível formular uma hipótese sobre o que está mal e sobre o que fazer para melhorar ou mesmo dissipar a situação.
O diagnóstico tem múltiplos papéis importantes:
- Análise, comparação e estudo das queixas
- Ponte entre consultas e tratamentos
- Base do tratamento

Em Medicina Chinesa são usadas 4 técnicas para identificar os sintomas (utilizar os 4 elementos de forma equilibrada).
1. OLHAR
2. OUVIR E CHEIRAR
3. QUESTIONAR
(10 perguntas chave)
4. PALPAÇÂO (ou tocar), ver o Pulso. O diagnóstico pelo pulso é muito importante em MTC
Língua e pulsos – elementos fundamentais em MTC

Não vou fazer aqui referência em que consistem estas técnicas da Medicina Chinesa, consideradas as 8 regras de diagnóstico. Fico ao dispôr para quaisquer esclarecimentos aos interessados, através dos meus contatos.


“Para saber o que se passa no interior é necessário observar o que se manifesta no exterior, para confirmar o que se passa no exterior, é necessário compreender o que se passa no interior” Zhu Zhenheng